sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Nusa Dua Off Shore

videoEm remada de mais de 20 minutos, pra surfar uma bancada de coral com 1metro e meio de ondas, na entrada do Oceano Indico... a surpresa!!!

Escalada do vulcao em Bali

video

Gilli Island, Vulcao Bromo e amigos

Antes de mais nada, nao esclareci o que rolou com a prancha de surf, nao eh mesmo??? Bem, chegamos em Amsterdam com uma quilha estalada (quando apenas esta rachada-minha quilha nao eh de encaixe), e dois quebrados na rabeta swallow (parte de tras da prancha com 2 pontas). Quando chegamos na Indonesia, outra quilha havia quebrado com a fibra levantada(super preju), a lateral estava quebrada e a ponta do bico tambem. O pior eh que para consertar essa quilha, era preciso cortar a fibra, refazer a parte em volta e recolocar a quilha. Seria preciso um bom cara!!! O conserto ficou bom...mas a colocacao da quilha nao ficou 100%, de forma que a prancha perdeu velocidade, apesar de se manter bem manobravel.
Putz, vir pra Indonesia sem prancha eh foda!!! Rapidamente a gabi resolveu com uma ideia excelente. Aluguei uma prancha zerada na Rip Curl. Em meio a discussoes e pressao de nossa parte, a KLM arcou com as despesas do conserto da prancha e do aluguel da outra...
Ja com a prancha em dia, todos estamos na expectativa da chegada de um swell de 17 pes (ondas de cerca de 7 metros de altura-medido por tras). Resolvemos ir para Gilli Island(primeira foto) passear enquanto as ondas nao vinham... Pois bem, imagine um paraiso. Foi pra la que fomos!!! Agua super transparente, areia branca, um pico de surf com algumas ondas boas e outro de mergulho, em Nusa Trawangan (ilha que ficamos). Absolutamente nenhum veiculo motorizado; sem policia e sem ladrao!!! Ipanema muitos anos atras...eheheh... Ficamos 2 dias e uma noite em um hotelzinho quase de graca e maneirissimo. Na foto acima da pra ter uma ideia da qualidade da praia. A praia ao fundo da foto eh, na verdade, outra ilha: Nusa Meno.
Apesar de fazermos muitos passeios por aqui, nosso meio de locomocao constante eh a moto. Na foto a seguir, vemos os caras do posto em que abastecemos direto. Sao gente fina. Ja chegam gritando: "Braziuuuu!!!".. ehehe
E como nao haveria de ser diferente, a cada dia fazemos muitas novas boas amizades. Nas fotos, vemos um casal catarinense com os chapeus novos que neguinho usa direto nas plantacoes. Vemos, tambem, o Fabio e a Tatiana(casal baiano) e o Murilo (hospedado no mesmo local que nos). Em seguida um frances gente muito boa e seu filhinho, moradores de Bali, e que conheci no dia em que surfei Ulwatu gigante. Os caras da agencia que compramos varios pacotes nao poderiam faltar. Paul eh o que nos fortalece e que nos acompanhou na trilha de hj: escalamos o Vulcao Bromo.
Essa trip foi muito maneira!!!! Saimos de Kuta ( o bairro em que estamos hospedados) a 1:30AM e fomos no carro da firma pro interior da ilha, perto de Ubud. Chegamos no destino em torno de 4AM. Como a partida ja seria de uma certa altitude, estava levemente frio. Camisa de polypro por baixo, tenis de trilha, luvas, mochila e disposicao...pra que mais? Ah, para baratear o preco, excluimos do pacote o breakfast, o almoco e o banho de piscina natural... de forma que ainda tinhamos lanche na mochila. Perfeito. O cafe da manha do pacote, depois descobrimos ser fraquissimo e o almoco descobrimos ser em um restaurante de higiene duvidosa!!!
Comecamos a trilha ainda de noite. Mesmo cada qual tendo sua lanterna, os tropecos na lava endurecida eram constantes. A gabi recebeu um super apoio do "Tiozinho da coca". Um coroa que tem um trabalho arduo: Sobe parte da trilha da caminhada com os trekkers para vender coca cola no entremeio. Seu apoio era puxa-la pela mao de forma que ela acompanhava o ritmo do grupo e ficava segura em nao cair pra tras (em cima de mim..rss). Em reconhecimento ao seu esforco, ao seu trabalho e sua educacao primorosa, compramos uma coca e uma sprite!!!!
A formacao do grupo era estupenda: Eu, Gabi, Daniel, Murilo, Paul, o guia (fraquinho) e o Tiozinho da coca.
O plano era ver o nascer do sol na cratera e depois cozinhar ovos no vapor escaldante. No video da para ver bem a trilha, a cratera e os ovos cozinhando. Tudo saiu como previsto ate a hora em que o caminho foi invadido por macacos. Milhoes de macacos vindos de todos os cantos. Estes nao sao como os da India. Eles sao mais tranquilos, nao atacam, e esperam darmos comida. A Gabi ficou muito amarradona!!! ... ... e deu quase todo nosso cafe pros macacos!!! rss
Quando voltamos pra Kuta ja eram 14hrs... cansados demais... mas nao o suficiente pra evitar um surf de fim de tarde em Kuta!!!