segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Caminhando por Wadi Mousa, Jordan.

video

Cha com os nomades na Jordania.

video

Os videos e fotos abaixo...

Salam malenco

Para que possam entender as fotos e videos abaixo, farei uma pequena exposicao!!! Bem, para comecar, esse teclado daqui do Egito eh um pouco esquisito....e nao consigo achar nem os acentos, nem algumas pontuacoes!!! Tudo bem ate agora?? Nesse momento estamos em uma localidade, ha 2 horas da fronteira do Egito com a Jordania e Israel. Na verdade isso aqui eh um grande deserto.... eh impressionante!!! Daih, um dia um cara resolveu abrir um ponto de mergulho com tanque no meio do nada, entre o Mar Vermelho e o deserto. Uns dias depois mais outro e outro e outro.... Um cidadao que se amarrava em mergulhar e tinha um montao de camaradas abriu uma pousada... e por aih foi... Fundaram Dahab. Uma pequena cidade, a 5 metros de um mar com as aguas mais cristalinas que ja vi na vida, com 2 ruas paralelas a esse mar, varias lojas, hoteis, hostels... e um deserto imenso circundando!!! Chegamos aqui ha 2 dias por acaso. Viemos da fronteira com Israel, onde acreditavamos que seria uma grande dificuldade.... ...que nada... nossa estrela brilhou!!! Todos os relatos e blogs que li, isso aqui era uma mafia onde os turistas eram escalpelados. Bem, na fronteira, tudo ia tranquilo ate chegarmos a uma pequena cabine com 3 caras; durante o processo de aprovacao de entrada no pais. Eu ia passando a faixa amarela quando o guarda egipcio gritou para eu parar...parei!!! Parei por alguns minutos e nada... entao o cara entra em uma sala com vidro, liga a TV, senta em frenta a ela... e nos ali parados... Ficamos alguns minutos nessa situacao... Nisso, 3 oficiais caminham na direcao contraria... ao virem na minha direcao, dou passagem e cumprimento com um bom dia simpatico (normal). ... ..E o cara vendo TV.... ... Nos ali parados esperando o que ia rolar depois daquela geladeira... Derepente um dos oficiais grita (parece que todos gritam aqui..rss) nos chamando. Viramos e nos dirigimos a uma sala reservada onde o oficial nos aguardava. Ele pergunta a respeito da nossa origem e abre um grande sorriso quando descobre que somos brasileiros e que estamos em lua de mel.... Caramba, ele era o que mandava na fronteira e aprovou de cara a nossa passagem. Iamos tomar um cha de cadeira por ali... Apos alguma conversa e fotos, ele grita para o cara da TV: " Marmud!!!" (parece que todo esparro aqui tem esse nome)... Foi a senha para o cara comecar a sorrir e abrir caminho pra nossa empreitada... e ainda para tirar onda, voltei, entrei no espaco da fronteira de novo e tirei outra foto com o chefao!!! ehehe ... essa eh a historia da foto em que estamos batendo continencia com um oficial.
Petra foi uma grande aventura!!! Deixamos nossos mochiloes em Eilat (fronteira de Israel) e seguimos para a Jordania com a intencao de ver Petra e voltar no mesmo dia. Carregamos apenas casacos e escova de dentes!! A grande surpresa foi sermos lembrados que 6 feira eh como o domingo do Brasil, onde nem onibus funcionam.... bem, fomos obrigados a ficar 3 dias em uma cidade chamada Wadi Mousa, nas montanhas da Jordania. Foi muito maneiro. Ficamos em um alojamento com 14 camas. Tinha japones, chines, coreano, canadense, turco, ingles e frances. Os franceses estavam dando a volta ao mundo de bike.... Voces nao podem imaginar a quantidade de gente que abandona tudo na vida normal e sai para dar a volta ao mundo!!! Ficamos impressionados. Conhecemos, inclusive, um casal de brasileiros gente finissima, na trilha de Petra, que investiu nessa trip tambem (http://www.saindodacaverna.com.br/). Por outro lado, conhecemos muita gente que tira alguns dias no trabalho e sai para viajar de mochilao por outros paises!!! Talvez nao seja questao de oportunidade, mas de opcao de vida.A proposito, as primeiras fotos, abaixo, fazem referencia as fronteiras, a moeda da Jordania e ao alojamento que ficamos. A gabi tem usado o cabelo e o ombro cobertos em ambientes sinistros. No alojamento tinhamos acabado de chegar!!! As seguintes sao da caminhada de Petra. Ao passar pelos portoes de entrada, segue-se por cerca de 7km ate o final da caminhada. No caminho, vemos construcoes lindissimas nas montanhas de pedra. No nosso caso, conhecemos, por acaso, um garotao montado em um jegue que morava em uma caverna, no alto de uma das montanhas, dentro do complexo de Petra. Nao nos furtamos a subir a montanha para conhecer sua casa. A gabi subiu de jegue e eu a pe, com uma mochila pesada pra cacete!!! eheheh...tudo bem, valeu a experiencia fora do tradicional... corresponde a fotos 15 e 16, de cima para baixo.Tiramos, tambem, uma foto no hotel onde o grupo da rede globo ficou hospedado durante as filmagens... mas foi uma pena sabermos que eles nao foram muito simpaticos nem interagiram muito com o povo local!!!! Tudo bem, limpamos o nome do Brasil por aqui com a nossa simpatia e alegria de viver!!!!Ah, vale informar que as fotos que aparecemos os dois juntos foi feita com um pequeno tripe. Algumas vezes nao conseguimos fotos boas. Foi caso daquela em que estou correndo em direcao a gabi... perdi o tempo e a foto saiu antes..ehehehEm um outro momento, a gabi saiu na foto, com o cara da caverna, ao lado de um penhasco imenso....... e a foto ficou muito maneira!!!Durante nossa trilha, conhecemos um grupo de nomades que nos convidaram para beber cha com eles.... nao bebemos (receio de ficarmos doentes com a agua), mas apreciamos demais a conversa!!! Gente finissima... e ainda nos deram esclarecimentos a respeito das guerras, do ponto de vista dos arabes. Enfim, mudamos nossa opiniao, pelo menos por hora, com relacao aos arabes!!! Temos sido muito bem tratados, mas precisamos sempre ficar muito atentos com relacao a questao de dinheiro. Ta tranquilo, sempre foi muito dificil tirar dinheiro de mim mesmo!!! rssMais abaixo a foto com o oficial da fronteira.... cara gente boa!!! Nas 3 ultimas fotos, estamos em Dahab. Conhecemos um casal da Suecia na viagem da fronteira pra ca. Os taxis vao pegando gente no caminho ate lotar o carro. Tivemos o cuidado de entregar o dinheiro apenas no final da viagem...entendi que o motorista poderia mudar a rota a qualquer momento!!! O outro de bermuda eh o Pablo. Brasileiro, de Joinville, 21 anos, que saiu de casa com o incentivo da mae, para conhecer o mundo e que esta nos acompanhando nessa parte da trip. Possivelmente iremos juntos a Cidade do Cairo!!!

OUTRAS CONSIDERACOES:
*A quantidade de senhoras (60 anos pra cima) que conhecemos durante a viagem fazendo mochilao nos impressionou demais. Muito bacana.
*Esperamos ser uma influencia positiva no sentido de esclarecer que esse mundo eh diverso e muito maior do que imaginamos. E que existe muita gente boa nesse mundo!!!
*O asfalto das estradas da Jordania, Israel e Egito sao impressionantemente boas....
*Quando ouvi que o mar morto era muito salgado eu nao achei que fosse tanto...quando secamos, a pele ficou toda branca.
*Pegamos uma carona em parte da viagem e passamos perto de Jerico (Israel). O senhor que nos deu carona (judeu) disse que se ele resolver caminhar pelas ruas dessa cidade, provavelmente seria morto nas ruas. A coisa eh mais seria do que imaginavamos.

Chucram

O camelo selvagem e a gabi............

..... a 100 metros do mar vermelho, em Dahab, Egito....
video