quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Um dia na Cidade do Cairo!!!

video

Mais sobre o primeiro dia no texto abaixo!!!!

Chegada em cairo...Sinistro!!!

Realmente, finalmente.... a Cidade do Cairo!!!! Viemos derepente. Acordei e falei pra Gabi: "Vamos nessa hj?" Compramos passagem para as 22hrs. Na hora do almoco resolvemos partir as 15hrs. Arrumamos as malas correndo e nao deu tempo nem de almocar. Ah, ainda corri para presentear o Mahmud (todos os esparros do Egito tem esse nome...AHAHA) com um bone. O cara eh gente fina!!!
Quem esta viajando de mochilao sabe que ir de uma cidade para a outra eh, no minimo, um pouco tenso. Voce nao sabe o que esperar da chegada. Por aqui, sempre terao varios taxistas querendo te escalpelar sem qualquer escrupulo e, por mais que tenha lido sobre a cidade, sempre sabera pouco!!!!
Nossa chegada no Cairo foi, como eu poderia dizer.... sinistra!!!!
Antes de sair de Dahab, vi no www.hostelworld.com o endereco de 4 hoteis, por ordem de classificacao pelos comentarios dos mochileiros. Apesar disso, quando entramos no onibus de viagem, o Yasser (do hotel que ficamos em Dahab) nos entregou o nome e endereco de outro hotel no Cairo. Ele disse que era bom e que seriamos atendidos como reis, por sermos indicados por ele. Acreditei, pois o cara era sangue; e ate porque geral da rodoviaria considerava o cara!!!
Viagem de 9 horas. A gabi passou mal e vomitou no caminho. Ela estava ansiosa com receio de sentir fome, por exemplo, no trajeto, ja que sabia que eram apenas 2 paradas. Atravessamos mais um deserto nesse roteiro. Assim, o buzum ia para pra que? No meio do nada!?!?
O motorista estava avisado a nosso respeito. Nas 2 paradas que fizemos, vinha uma galera me cumprimentar: "Futebol, Ronaldo, Roberto Carlos!!!!" Geralmente, no contato com os Egipcios, ou eles nao falam nada, ou ficam te zoando em arabe, ou te consideram. Fiquei amarradao...."Chucram, chucram (obrigado)....Salamalenco!!!!"
A proposito..... eu tava de saco cheio de ficar falando salamalenco (bomdia, boa tarde) o tempo todo.....nao era automatico e eu tinha que ficar pensando na palavra para falar.... ate que descobri que a pronuncia de salamalenco eh igual a "falamaluco"!!!!! eheheeh Depois da vitoria do Flamengo descobri, ainda, que a melhor pronuncia eh "falaflamengo" HAHAHAAH... e agora soh cumprimento as pessoas assim!!!!!
Bem, agora eh que vem o sinistro da historia.....
Chegamos no Cairo a 1:30 da madruga. Ao sair do onibus, os taxistas impregnaram, mas vi que pegaram leve... talvez pelo Yasser ter falado com o motorista. Um deles propos levarnos ao centro por 100 Pounds (para saber o valor em Reais da moeda daqui, divide-se o valor ,em Pounds, por 5 e o resultado multiplica-se por 2) e ate riu um pouco. O Yasser disse para nao pagarmos mais que 20 Pounds. Para nao ficarmos, na madruga, discutindo por causa de 2 Reais, eu firmei com um cara por 30 Pounds. As malas estavam dentro de 2 sacos de batata(sempre viajamos assim..pra proteger as malas e afastar ladroes) e carreguei-as ate o carro. Os carros daqui nasceram em 1965. Taxi mais novo eh dificil!!!! Aqui tem mais oficina de automovel que piramide!!! O cabuloso ainda nao queria que eu amarrasse as malas, que viajariam no bagageiro no teto do carro... Insisti e prendi firmemente o extensor(uso mesmo pra isso) que sempre carrego quando viajo.
Bom, seguimos para o endereco do Beduin Hotel. Eu sabia que na mesma rua tinham outros hoteis, pois tinha anotado as ruas proximas para me situar no caso de algum imprevisto....
Para sua informacao, o transito daqui consegue ser pior que o de Bangkok!!!! Pior ate que o de Kathmandu!!! Os carros correm, fecham, buzinam. Neguinho atravessa a rua na ousadia... confesso que me intimidou de cara....
Voltando.... o taxista achava que era o Speed Racer..... corria que nem um louco e fechava geral!!! O carro era um Fiat 247 em fim de carreira... ... Chegamos no Centro... o taxista ficou rodando e nao acahava o endereco.... nao falava ingles..muito menos portugues!!! Trinta minutos em circulos pelo centro e nada. Ele nao conhecia outros hoteis e ficava nervoso. Os nomes da ruas sao escritos em arabe e em ingles embaixo. Sabiamos que tinham varios por perto, mas queriamos ir pro Beduin!!! O taxista comecou a bater com as duas maos, repetidamente, na sua cabeca e gritar.... eram 2 da matina... e nada!!!! Ja perguntavamos a direcao ao mesmo guarda pela 3 vez!!!! Derepente, ele parou e deu a entender que a viagem tinha acabado e que era para nos sairmos... Nessa altura do campeonato, eu e a gabi caiamos na gargalhada com o desespero do cara!!! AHAHA Tomou o maior preju e nao sabia o que fazer conosco!!!! Ordenou que saissemos do carro. Precisei de 3 segundos para organizar nosso plano de seguranca!!! Enquanto a gabi enrrolava o cara, de dentro do carro ainda, eu fiquei com uma perna fora, desamarrando o extensor que prendia nossas malas grandes no teto. Quando terminei, a gabi saiu e ficou com uma perna dentro para eu retirar as malas de dentro e do teto. Tudo coisa rapida!!! Saimos!!! O cara gritava em arabe. A rua parcialmente deserta. Gabi decidiu pagar 20Pounds, ja que ele nos largou na rua. Entreguei o $$. O cara enlouqueceu e gritou mais...vi ate varios perdigotos pulando (rss...parece piada mas foi tenso)!!! Repentinamente ele girou o corpo e fez mencao de abrir a porta. Incidi contra ele pelo outro lado, sem parecer ameacador, mas reativo. Com a minha sugestao ele amarelou. Me olhou com firmeza e cuspiu!!!! Caramba, o cara mandou o maior cuspidao!!!! Nao acreditei!!! Na sua ira, errou a direcao e deve ter acertado a porta pelo lado de dentro!!!! Arrancou e partiu. Olhei em volta e mirei um policial que tava perto. Nem falei do cara. Pedi apenas (em mimica..ele falava apenas arabe)para ele tomar conta da gabi. Um facilitador eh que a gabi estava com o lance muslim que as mulheres usam para cobrir a cabeca e os ombros e ja ouvimos que eles protegem "os seus".
A esquina que ela ficou era facil e eu nao me perderia. Arrumei seu espaco ao lado de uma pequena arvore, escorada em um carro de forma a proteger de um possivel retorno do taxista e dos olhares das pessoas da rua. As malas no saco de batata davam a impressao que ela era uma local, sentada na rua e .. quase uma pedinte. Tanto que 3 mulheres, com as cabecas cobertas, claro, pararam para saber se a gabi precisava de algo e nao acreditaram que ela nao falava arabe!!!!
Eu, por outro lado, andava rapido, por entre os predios escuros, sujos e velhos do centro. Estava na rua do hotel e nao o achava. Algumas lojas funcionavam aquela hora e pedi informacao a um lojista. Ele me apontou, de cara, 3 hoteis. Claro que eu nao poderia ver.... as placas estavam imundas de fuligem e escuras!!!! Reconheci o nome de 2 deles. Segui para o que tinha a melhor indicacao. A entrada era bem semelhante a entrada dos predios antigos do RJ, com portoes de ferro, pintados de preto, altos e pesados. As escadas largas, sujas (tudo aqui eh bem sujo) e sua aparencia me preocupava. O Regent Hotel funciona no 1 andar. O recepcionista me abordou com ironia e cheio de piadinhas em arabe. Outros 2 homens trabalavam de madrugada e me zoavam discretamente. Controlei a irritacao e pedi para ver o quarto. Eram 6 camas, em um ambiante amplo e com o pe direito de uns 3 ou 4metros. A cama era da pior qualidade e nao tinhamos seguranca para guardar as malas.... mas poderiamos passar a noite com tranquilidade. Dessa vez nao recebi desconto.
Desci correndo e fui buscar gabi. Ao contrario do que imaginei, correr pela calcada nao chamou muito a atencao. Minha roupa estava desbotada e batida por viajar direto e eu sempre uso algo discreto. Na esquina, a gabi estava do mesmo jeito que deixei. Me recebeu com um sorriso: "Ainda bem que voce voltou!!!" Nos abracamos.... Agradeci o policial que fez a escolta e ofereci algumas balas e chocolate como agradecimento.... ele nao aceitou!!!
Duas malas, em 2 sacos de dormir era muita coisa para eu carregar. Ate poderia, mas era muito peso e eu nao queria tirar o mochilao do saco. Assim, seguramos, cada um o seu, na frente (como se fosse algo no colo) e partimos pro Regent Hotel.
Nos arrumamos, preenchemos a papelada e colocamos todo o resto no saco, agora com novo lacre de seguranca vedando. E sabem porque isso??? Ainda estavamos na adrenalina!!! "Vamos sair na rua ver qual eh!!!!" Afirmei.
Pagamos e faltou 10Pounds de troco..... o cara ficou pensando (sempre me zoando discretamente)... e ao mesmo tempo que zoava em arabe, nos fazia perguntas puxando assunto. Nessa hora eu estava a ponto de avancar nele!!! Naturalmente, de cara fechada e olhar fixo... pros 3!!!! Claro, nao sou superhomem, mas ser homem no Brasil eh ser homem em qualquer lugar e ninguem vai tirar onda comigo de graca!!!!
E, depois disso, voces acreditam que o recepcionista, abusado e invasivo, me pediu para comprar uma pizza para ele em uma loja ali perto, pagar com o troco, e devolver o $$ que sobrou!!!!!!!
Voces sabem quando o cara fica nervoso mas na boa??? Eh quando se esta nervoso mas tranquilo. Eu falava e reagia normal, mas poderia "quebrar ele" a qualquer momento e ele nem ia ver!!!
Apertei sua mao (sempre com firmeza), mandei um "falamaluco" (eheheh) para os outros que chegavam na recepcao e saimos em direcao a pizzaria.
Os caras da pizzaria tambem nos zoaram um pouco (talvez por nao falarmos arabe, ja que as roupas nos caracterizavam muito bem). Voltamos. Entrei no hotel, depois de passar pelas escadas (lembra de como eram?) e fui em sua direcao. Cara fechada, olhar firme, e ao mesmo tempo tranqulo. No Karate-Do Tradicional chamamos de "Zanchin". Ele ja me olhou rindo. Joguei a pizza no seu colo(que caiu sem virar) e joguei o troco em cima dela, indicando que paguei a pizza para ele... Parei, de pe, e fiquei tempo suficiente olhando eles 3 sentados a minha frente. Nao reagiram. A gabi ficou parada, na porta.. ja sabendo que fui na decisao de ir pro pau!!! Ele me olhou, perdendo um pouco do sorriso... e amarelando... e disse:"Chucriam". Respondi: "Aufoon (de nada)!" Virei e sai da sala.
Saimos as ruas. Um centro como qualquer outro. Mas parece que ficamos no lugar mais sinistro!!! Nao tinhamos certeza, mas vimos uma 2 entradas, com musica arabe, onde parecia ser lugar de putas. Apenas homens nas ruas. Passamos desapercebidos pela nossa caracterizacao de roupas. O lanche no MacDonalds foi um premio que nos demos.......
Voltamos ao Regent depois de um tempo...... ja eram 3 hrs. Passamos pela recepcao e o cara nao estava. Entramos no quarto e nos arrumamos. As outras camas estavam vazias e teriamos privacidade!!!! Sempre estou "Zanchin", como deve ser um atleta que treina, mas eu ainda tinha a responsabilidade de cuidar da gabi. Coloquei-a em uma cama no canto, arredei a cama do lado e estiquei, no chao, o isolante e saco de dormir. Dessa forma eu fiquei entre as duas camas e de frente para a porta. Para o caso de alguem entrar no quarto no maximo do silencio, como eu previa, pus um saco plastico dentro de uma pequena lixeira e o encostei, inclinado, na porta. Pode parecer um exagero, mas lembrem que estamos em outro pais, por nossa conta... e essa ansiedade faz parte do pacote!!! Dormimos.
As 4 da manha, o barulho do saco me desperta e me inclino para a frente. Um casal de alemaes, da nossa idade, chegou para dormir no quarto. Com outra atitude, o recepcionista fez sinal para mim que estava tudo bem e indicou para os gringos fazerem silencio. Voltei a minha posicao. Tudo bem.... mas so que os gringos nao eram tao silenciosos. Nao me importei, nos acordariamos cedo e nossa atitude dependeria do que eles fizessem. Parece que essa sacacao nao sao todos que tem. Nao sou o mais sagaz do mundo, mas nao fico para otario!!! A gabi tava acordada, e como ensinei, nao fez explanacao. Permaneceu quieta e pronta para voltar a dormir.
Os gringos conversavam e riam sussurando. Tomaram banho. Quando acenderam o gudan eu levantei, sem fazer barulho, cheguei por tras e o cutuquei em "tate nukite" (mao aberta, com dedos esticados e firmes). A gringa viu minha aproximacao e ficou sem reacao com minha ausencia de sorriso e constatacao de que o companheiro era um bobao, que faltava com o respeito e nem viu minha aproximacao. Quando o alemao se virou, eu disse:" I ll take this out... Intoxication!!" A pontei para o liquido mata mosquito que tava na tomada. Antes dele ter qualquer reacao saquei o lance da tomada e retornei ao meu lado do quarto. Em 5 minutos o quarto estava escuro e a "alemaozada" deitada nas camas!!!
Meu alarme tocou as 6:30..... ja deixei tocar mais um pouco de sacanagem..eheheeh
Tomamos banho e arrumamos as malas sem fazer muito barulho. Em uma hora fiz barulho suficiente pro cara acordar e ver que eu estava olhando fixamente para ele. Quem sabe ele muda de atitude na proxima pousada (assim um mochileiro vai ensinando para o outro)!!!! Nao escrachei porque nossas malas ficariam algum tempo ali, dentro dos sacos de batata... e aih meus amigos, quem ia dancar eramos nos!!!!
Passamos na recepcao e o cara do dia anterior disse que faria o cafe para nos(estava incluido). Recusei, agradeci e dei um tapa, sem muita forca mas com firmeza, no ombro dele. Saimos.
Depois de rodar um pouco pelo centro, achamos o hotel que o Pabro (de Dahab) nos indicou. O predio e as escadas eram um lixo!!! Mas a pousadinha era um luxo!!!! Um quarto amplo, com ar, banheiro da melhor qualidade, staff disponivel e que nos respeitou de cara... cafe da manha...jacuzzi!!! De frente para o museu do Cairo. Preco excelente. Na mesma hora fomos buscar as malas no Regent.
O recepcionista mudou sua atitude. Estava mais humilde e nao nos zoou mais. Nao tirei onda mas nao dei mais ideia. O outro cara perguntou como a gabi estava e esclareceu que se preocupavam com o estado do iguais: "Muslim take care of Muslim!!!" (cuidamos dos muculmanos)......
Eu ja sabia que passariamos por algo assim..... e achei que seria pior!!! Tentei preparar a gabi. Nunca estamos preparados o suficiente, mas se somos pessoas do bem e nos impomos com mediacao, sagacidade, ponderacao e sensatez... tudo sempre da certo!!! Claro, sorte nunca pode faltar!!!
Hoje fomos ao museu do Cairo e nos perdemos pela cidade (isso nunca pode faltar em uma viagem). Amanha vamos as piramides e ao mercado central do Cairo!!!!!
Nao devemos mais ir ao Libano e Siria. Talvez facamos Marrocos e Tunisia...... quem sabe????

"Falaflamengo!!!"